O que a correção de texto faz com seu trabalho

O que a correção de texto faz com seu trabalho

A correção de texto acadêmico vai um pouco além de aspectos gramaticais e semânticos, por isso precisa ser realizada por um profissional que tenha experiência e referências acadêmicas.

Trabalhos acadêmicos costumam ter a possibilidade de serem publicados posteriormente em revistas universitárias e/ou científicas. Para isso, portanto, é obrigatório que tenham passado por uma boa revisão de textos.

O que compreende a correção de texto acadêmico

A preocupação com o conteúdo costuma fazer-nos esquecer que, tão importante quanto o conteúdo, é a forma com que está escrito.

A credibilidade de um texto acadêmico está associado, na prática a alguns pilares essenciais:

  • autor e sua formação acadêmica;
  • relevância do conteúdo disponibilizado;
  • renome da revista;
  • Linguagem e adequação às normas da língua portuguesa em seu formato escrito.

Muitos trabalhos acadêmicos, embora tenham conteúdo de boa ou ótima qualidade, passam uma nítida imagem de anti profissionalismo. Isso acontece porque ao lermos um texto que apresenta erros de ortografia, logo temos a impressão de que não é confiável. É como quando, por exemplo, nosso professor universitário nos diz que não gosta de estudar. Perguntamo-nos então, no que isso vai dar.

Ao encontrar um texto que não está bem escrito, muitos de nós, que conhecem de forma mediana as regras gramaticais e semânticas da língua, desconfiamos da credibilidade do texto. Isso acontece porque desconfiamos do nível de estudo e dedicação de quem não usa da forma escrita do idioma de forma adequada. Ou ainda pensamos que o acadêmico não tenha se dado ao trabalho de passar seu texto por um revisor, talvez por não acreditar que o conteúdo merecesse tamanho empenho e gasto.

A questão é, a língua e suas formalidades interferem de forma positiva ou negativa no seu trabalho acadêmico. Assim como pode acabar com a credibilidade de seu trabalho, pode também ter o poder de persuadir e, através da linguagem utilizada, demonstrar que você realmente está preparado para “fazer ciência”.

Não é preciso nem dizer que um artigo científico que não está em “perfeitas condições” não é publicado. Talvez não pareça importante agora, mas ter uma boa reputação e currículo faz a “roda girar” para quem pretende seguir mais longe em sua vida acadêmica.

No entanto não fique aí perguntando-se como conseguir essa mágica. Ela não existe. Isso porque não é uma mágica, mas sim um trabalho qualificado de um bom profissional revisor de textos.

Não exite em orçar e tirar todas as suas dúvidas entrando em contato através de meus contatos disponíveis nesta página.

Leave a Comment

Your email address will not be published.